728 ad

Enxaqueca no Site do Einstein: Sintomas, Tratamento, Botox

Dr Mario Peres fala sobre enxaqueca no site do Hospital Albert Einstein. Leia a matéria Enxaqueca O que é enxaqueca? Muitas vezes confundida com outras cefaleias, a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça que costuma provocar dores unilaterais e latejantes, acompanhadas na maioria das vezes de náuseas, vômitos e intolerância a sons, luz e cheiros fortes. As crises tendem a aparecer ocasionalmente, com duração de quatro até 72 horas. Em casos extremos, a frequência pode ser diária. Causas da Enxaqueca A enxaqueca é uma doença multifatorial. Além do fator genético, o consumo de alimentos como queijos, embutidos, chocolate, café e adoçantes com aspartame, sono prolongado ou falta de sono, excesso de exposição ao sol, alterações de hormônios, tabagismo, odores fortes e a ingestão de bebida alcoólica podem desencadear uma crise. Transtornos de humor, como ansiedade e depressão, também podem frequentemente estar associados a um episódio de enxaqueca. Incidência A enxaqueca acomete 15% da população brasileira. Mais frequente no público feminino – só na região sudeste 30% das mulheres sofrem com as crises -, a doença é uma das principais causas de falta ao trabalho. A média é de quatro dias perdidos de trabalho por ano. Nos Estados Unidos, o custo estimado indireto por ano é de 13 bilhões de dólares. Por ser incapacitante – algumas pessoas não conseguem ficar em locais com luz ou barulho –, a enxaqueca influencia também as atividades familiares, sociais e escolares. Sintomas da Enxaqueca A crise de enxaqueca pode ser dividida em quatro etapas com sintomas distintos. Na premonitória, o período anterior à dor de cabeça, é comum o desejo por determinados alimentos, como chocolate, alterações de humor, cansaço, bocejos e retenção de líquidos. Depois vem a aura, que normalmente precede a crise, mas também pode ocorrer simultaneamente. Ela ocorre em 15 a 25% das enxaquecas, e se manifesta com alterações na vista...

Exercício Físico no Tratamento da Enxaqueca

Está sendo realizado um protocolo de pesquisa na UNIFESP para avaliar o efeito do exercício físico no tratamento da enxaqueca. Trata-se da tese de doutorado de Arão Belitardo, aluno do Prof Dr Mario Peres. Será feito um treinamento físico aeróbio 3vezes por semana por 12 semanas, com intensidade moderada (40-60% do VO2 de reserva) em esteira. Será avaliada a aptidão aeróbia por ergoespirometria e pré e pós treinamento e correlacioná-los com a frequência de crises. Critérios de inclusão: Ø Pessoas que sofram de enxaqueca menos de 15 dias por mês; Ø Homens ou mulheres de 18 a 65 anos; Ø Que não tomam medicação para o coração [PROPRANOLOL (REBATEN) – ATENOLOL (ATENOL) – CARVEDILOL (CARDILOL) – VERAPAMIL (DILACORON)]. Não tabagistas; Não usuário de drogas; Sem uso de pílulas contraceptivas, anticoncepcionais (p/ as mulheres)  Ø Sedentários (não estejam praticando atividade física regularmente). Ø Estejam dispostas a realizar programa de 12 semanas (3 x / semana) de condicionamento físico aeróbio (moderado) como parte do seu tratamento. Ø Os participantes realizarão gratuitamente teste ergo-espirométrico (aptidão física) e exames de sangue. Ø Pessoas SEM enxaquecas, desde que atendam os demais critérios, também poderão participar como controle. Para maiores informações e agendamento de consulta, favor contatar Dr. Reinaldo Ribeiro ou Enfermeiro Johny: – Pelo Telefone: 5576-4778; ou, – Pelo e-mail dr.reinaldo@ig.com.br; ou – Pessoalmente no Ambulatório de Dor de Cabeça da UNIFESP na Rua Napoleão de Barros, 771, Térreo, Balcão 5 da Neurologia, Seg. – Qua. – Sex. às 8:00h....

Oxigênio no tratamento da crise de Cefaleia em Salvas

Oxigênio no tratamento da crise de Cefaleia em Salvas. dr Mario Peres, médico neurologista, pós-doutorado na área de cefaleias escreve sobre o tratamento da cefaleia em salvas com o oxigênio. A Cefaleia em Salvas tem algumas particularidades, tanto na sua apresentação clínica quanto no seu tratamento. Leia Cefaleia em Salvas: causas, sintomas e tratamento Muito comum a grande demora em se fazer o diagnóstico da cefaleia em salvas, pois acaba sendo confundida com a enxaqueca, sendo tratada como tal e sem resolução, sem resposta ao tratamento. O tratamento da cefaleia em salvas, assim como todas as cefaleias, tem como prioridade a prevenção, evitar que venham as crises, encerrar mais rapidamente o surto, o ciclo de dores e também evitar que venha um próximo surto. Leia mais sobre tratamento da cefaleia em salvas com melatonina e tratamento da cefaleia em salvas com bloqueio do nervo occipital clicando nos links Na hora da dor, duas são as opções mais eficazes, o sumatriptano subcutaneo e o uso do oxigênio. Interessante que de todas as cefaleias primárias como a enxaqueca ou cefaleia tensional, apenas na cefaleia em salvas que o oxigênio tem um papel importante, ele é recomendado para cortar a crise quando ela aparece, é muito eficaz, e não tem efeito colateral. Apesar de eficaz e bem tolerado, o oxigênio tem acesso limitado, é preciso estar perto de um cilindro ou torpedo de oxigênio em um serviço hospitalar, o que muitas vezes inviabiliza seu uso pois a crise de cefaleia em salvas tem duração média de uma hora, não dá tempo para chegar até um pronto socorro. Além disto, os médicos da emergência normalmente não conhecem este tratamento e acabam não prescrevendo. A solução é o aluguel de um torpedo de oxigênio, com uma máscara ou catéter de O2, para ser usado a 100%, a 15 litros por minutos por 15 minutos...

Dor de Cabeça e Meningite

Meningite é uma inflamação das meninges. A meninge é um tecido, uma membrana que envolve todo o sistema nervoso central, encéfalo (cérebro e tronco cerebral) e medula espinhal. A meningite pode ser por algum agente infeccioso, bactérias, virus (meningite viral), fungos. A meningite pode ser por outras causas não infecciosas como medicamentos, doenças inflamatórias, neoplasias (cancer). A meningite bacteriana é a mais perigosa, pois pode evoluir para a septicemia, que é uma infecção generalizada e causar graves sequelas até a morte. A meningite mais comum é a viral, a meningite viral é mais benigna, muitas vezes passa sem ser diagnosticada. O principal sintoma da meningite é a dor de cabeça, uma cefaleia forte, aguda, diferente das dores de cabeça habituais. Outros sintomas da meningite são a rigidez de nuca, pescoço rígido, nauseas, enjoo intenso, vomitos. INCIDENCIA E TAXAS DA MENINGITE Estima-se que 3.500 casos de meningite bacteriana e septicemia ocorram no Reino Unido todo ano. O Brasil entre 2003 e 2005 foram registrados 2400 casos de meningitis na região metropolitana de Goiania. Em 2006 morreram mais de 2.500 pessoas por causa da meningite, A meningite pode ser fatal, principalmente se for de origem bacteriana, especialmente a meningite menigocócica (causada pelo meningococo, uma bactéria com 3 sorotipos – A, B e C). Porisso a meningite no Brasil e em vários países é uma doença de notificação compulsória. Algumas epidemias de meningite já assolaram o Brasil. Na década de 1970 a meningite meningocócica uma epidemia causada por vírus A e C com foco em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador, quase foi suficiente para serem cancelados os jogos pan-americanos de 1975. Na década de 80 epidemias causadas pelo meningoco do grupo B ocorreram. SINTOMAS DA MENINGITE O principal sintoma da meningite, qualquer que seja a causa é a dor de cabeça, a cefaleia. Uma cefaleia forte, de instalação aguda, diferente...

Estudo mapeia progressão da Enxaqueca Crônica

PROGRESSÃO DA ENXAQUECA CRÔNICA : INÍCIO DOS SINTOMAS DAS CEFALEIAS, TRANSTORNOS DE ANSIEDADE, DEPRESSÃO E ENXAQUECA CRÔNICA Pesquisa publicada recentemente na revista Headache Medicine revela como o ocorre a progressão dos sintomas ao longo das décadas até se chegar na enxaqueca crônica, tipo mais grave de enxaqueca. A enxaqueca crônica se caracteriza por crises de enxaqueca diariamente, se associa geralmente a sintomas de ansiedade e humor, sendo comum a associação com a depressão. Os pesquisadores avaliaram a relação temporal entre o aparecimento dos sintomas de ansiedade, depressão e dor de cabeça, 84% dos indivíduos com enxaqueca crônica apresentaram algum diagnóstico psiquiátrico, principalmente transtorno de ansiedade (76%), depressão (50%), e transtorno misto de ansiedade e depressão (44%). O transtorno de ansiedade mais freqüente foi o transtorno de ansiedade generalizada (preocupações excessivas) e fobia específica (de animais, altura, lugar fechado, sangue). Os indivíduos com enxaqueca crônica avaliados apresentaram uma característica em comum: os transtornos de ansiedade se instalaram primeiro, na adolescência (média de idade de 13,9 anos), seguidos do início de enxaqueca episódica, enxaquecas espassadas (média de idade de 20,9 anos), depois se instalaram alterações do humor como a depressão (33,4 anos) e por último a enxaqueca crônica, o pior estágio da enxaqueca com crises de dor diária (36,7 anos). A idade média dos indivíduos avaliados era 41,4 anos. Dra Juliane Mercante, autora principal do estudo, comenta: “a progressão da doença segue um padrão semelhante nos que sofrem hoje de enxaqueca diariamente, o diagnostico e o início do tratamento da enxaqueca precocemente pode evitar a piora e evolução do quadro”. Pacientes com história de ansiedade, enxaqueca e depressão possivelmente podem estar com risco mais elevado de desenvolver enxaqueca crônica. E a avaliação precoce pode prevenir um sofrimento significativo. Para contato com Dra Juliane Mercante, psicóloga com doutorado no Instituto de Psiquiatria da FMUSP, escreva para julianeperes@terra.com.br ou (11)...

Saiba tudo sobre enxaqueca – Hospital Albert Einstein

Assista o vídeo sobre enxaqueca, dores de cabeça, cefaleia tensional, cefaleia em salvas na página do Hospital Albert Einstein – Em dia com a saúde. Dr Mario Peres, médico neurologista, explica as causas, sintomas e tratamentos das cefaleias, enxaquecas. Leia todos os posts sobre cefaleia em salvas clicando aqui cefaleia em...

Necessidade de Tratamento Preventivo para Enxaqueca no Brasil

Trabalho apresentado no 53 Congresso Americano de Cefaleia, Washington DC, 2-5 de Junho de 2011. Nosso trabalho mostra a imensa lacuna de tratamento de dores de cabeça, cefaleias primárias como a enxaqueca e a cefaleia tensional no Brasil. Em estudo feito em cerca de 4000 pessoas em todo o Brasil avaliamos as prevalências da enxaqueca e outras cefaleias e mostramos qual a porcentagem de pessoas que não faziam tratamento correto para as cefaleias. Neste gráfico temos as porcentagens das diferentes cefaleias, enxaqueca, cefaleia tensional e a porcentagem de pessoas que precisariam fazer tratamento preventivo. Neste outro gráfico vemos que dos pacientes com enxaqueca que precisariam estar em tratamento apenas 2,6% realmente estavam usando algum tratamento...

Cefaleia em Salvas e Melatonina

Cefaleia em Salvas e Melatonina Dr Mario Peres, médico neurologista, explica a relação da Cefaleia em Salvas e a Melatonina. A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal, responsável pela ritmicidade dos vários ciclos biológicos no organismo, além de estar implicado na proteção das células (varredor de radicais livres de oxigênio), regular neurotransmissores, ter ação anti-inflamatória, potencializar analgesia opióide, entre outros mecanismos. A Cefaleia em Salvas tem um caráter sazonal e circadiano, isto é, tem uma predilação por certos períodos do ano e mais chance de aparecer à noite. Já é bem sabido que os pacientes com cefaleia em salvas não produzem adequadamente a melatonina e por esta razão postula-se que ela esteja envolvida nas causas da cefaleia em salvas. Um dos problemas detectados em exames de imagem funcional do cérebro de quem sofre com cefaleia em salvas é uma alteração do hipotálamo, mais especificamente o núcleo supraquiasmático, chamado de “relógio biológico”. É este relógio que manda a informação para produzirmos normalmente a melatonina, que na cefaleia em salvas não está sendo secretada adequadamente. A melatonina pode também ser usada como forma de tratamento da cefaleia em salvas, é bem tolerada e eficaz, demonstrada já em pesquisas realizadas. Utilizamos a melatonina na dose de 10 mg, entre 22 e 23 hs. A melatonina é vendida nos Estados Unidos como suplemento vitamínico, sem receita e barata, mas no Brasil a Anvisa não aprova o registro da melatonina como vitamina, o que significaria que ela poderia ser utilizada erradamente, sem prescrição. Porém, ela é barata o suficiente para despertar o interesse das indústrias farmacêuticas para a sua aprovação como remédio, pois não tem mais patente (é uma substância que o próprio organismo produz). Seria uma ótima medicação para o SUS oferecer, pois é extremamente útil para diversos problemas de saúde e barata. Atualmente poucas pessoas que podem importar e/ou trazer...

Dor de Cabeça, Enxaqueca, Tontura, Vertigem e Labirintite

Dr Mario Peres, médico neurologista, autor do livro Dor de Cabeça: O que ela quer com você?, escreve sobre as causas, sintomas e tratamento das dores de cabeça, enxaquecas e tonturas, vertigem e labirintite Tonturas, vertigem e labirintite, o que todas elas tem em comum? Dor de cabeça e tontura: o que pode ser? Tonturas e dores de cabeça podem estar associadas em diversos aspectos. Nos quadros de enxaqueca, a tontura, descrita também como um mareamento, percebida pelos pacientes como crises de labirintite, vertigem, pode ser um sintoma associado da própria crise de enxaqueca, além das nauseas, vômitos, dor latejante, incômodo com a luz e o barulho, as tonturas podem estar presentes juntamente com a dor de cabeça da enxaqueca. Pode ocorrer também que além de crises de enxaqueca, a pessoa sofra também de uma síndrome vestibular, uma vertigem como a neuronite vestibular, a chamada labirintite. Uma medicação que pode ser boa para enxaqueca e labirintite é a flunarizina, mas seu uso deve ser monitorado pois pode causar ganho de peso e agravar depressão. Um elo em comum entre a enxaqueca e as tonturas é a ansiedade. Uma síndrome chamada MARD, migraine anxiety related dizziness, ou seja, tontura relacionada a enxaqueca e ansiedade, é um dos diagnósticos mais observados na minha prática clínica. A tontura pode ser constante, ou uma tontura repentina. A tontura pode aparecer na gravidez e ser secundária a anemia, remédios, queda de pressão, doenças metabólicas. Em breve, mais sobre tonturas e dores de cabeça. Deixe seu...

Enxaqueca, cefaleias, dores de cabeça no consultório CBN

Estarei no consultório CBN falando de cefaleias, dores de cabeça, enxaqueca, cefaleia em salvas, cefaleia tensional, tratamento da enxaqueca, botox para enxaqueca. Você pode ouvir o áudio da entrevista ao vivo pela internet no link: Consultório...

Dores de Cabeça e Sinusite

DORES DE CABEÇA E SINUSITE Dr Mario Peres, explica as causas, sintomas e tratamento da sinusite e sua relação com as dores de cabeça O QUE É SINUSITE? – SINTOMAS DA SINUSITE – MINHA DOR DE CABEÇA PODE SER DA SINUSITE? CAUSAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA SINUSITE O QUE É SINUSITE? A Sinusite é uma inflamação ou infecção dos seios da face. Os seios da face são cavidades na região do nariz e do cranio, ao lado do nariz no maxilar (nas maças do rosto), e na região frontal, na testa e por trás dos olhos. Os seios da face formam com suas cavidades ressonância à voz, aquecem o ar inspirado e diminuem o peso do crânio. São revestidos por uma mucosa semelhante à do nariz, rica em glândulas produtoras de muco e coberta por cílios com movimentos que conduzem qualquer material estranho para perto do nariz paraque seja eliminado.O fluxo da secreção mucosa dos seios da face é permanente e imperceptível. Alterações anatômicas, que impedem a drenagem da secreção, e processos infecciosos ou alérgicos, que provocam inflamação das mucosas e facilitam a instalação de germes oportunistas, são fatores que predispõem à sinusite. Sintomas da SINUSITE As sinusites podem ser divididas em agudas e crônicas. Na sinusite aguda, costuma ocorrer dor de cabeça na área do seio da face mais comprometido (seio frontal, maxilar, etmoidal e esfenoidal). A dor pode ser forte, em pontada, pulsátil ou sensação de pressão ou peso na cabeça. Na grande maioria dos casos, surge obstrução nasal com presença de secreção amarela ou esverdeada, sanguinolenta, que dificulta a respiração. Febre, cansaço, coriza, tosse, dores musculares e perda de apetite costumam estar presentes. Na sinusite crônica, os sintomas são os mesmos, porém variam muito de intensidade. A dor nos seios da face e a febre podem estar ausentes. A tosse costuma ser o sintoma preponderante. É geralmente noturna e aumenta de intensidade quando a pessoa se...

Livro Dor de Cabeça na Saraiva Digital para Iphone e Ipad

Livro Dor de Cabeça: O que ela quer com você? Agora ebook na Saraiva Digital O livro “Dor de Cabeça: O que ela quer com você?” escrito pelo Dr Mario Peres, médico neurologista, publicado pela editora Integrare, torna-se o primeiro livro da área a entrar como ebook. A livraria Saraiva lançou recentemente o aplicativo Saraiva Digital para tablets como o ipad. Agora você poderá ler o livro “Dor de Cabeça: o que ela quer com você?” no seu tablet ou iphone. Esta é a tela que você verá ao clicar a imagem A Saraiva Digital Livros é o primeiro aplicativo leitor de livro digitais no Brasil para iPhone e iPad. São mais de 150 mil títulos importados, 2 mil títulos em português, 150 obras gratuitas para você experimentar. Para iPad e para...

« Older Entries Next Entries »