728 ad

Dieta, sono e estresse são causas de enxaqueca

RACHEL BOTELHO colaboração para a Folha de S.Paulo

3 de novembro de 2008

Fatores relacionados a dieta, problemas no sono e estresse são os principais desencadeantes da enxaqueca em pessoas com diagnóstico da doença. A conclusão é de uma pesquisa realizada por estudantes de medicina da Liga da Cefaléia da Escola de Medicina do ABC e coordenada pelo neurologista Mario Peres, pesquisador do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein. “Os resultados refletem o que vemos no consultório”, afirma Peres. De acordo com o neurologista, a dieta foi citada por 83,5% dos pacientes como um gatilho das crises. “Isso porque o jejum faz parte desse grupo e realmente é um dos maiores desencadeantes. Se ele estivesse separado da dieta, o sono e o estresse seriam mais importantes”, diz. Todos os 200 participantes do estudo, (162 mulheres e 38 homens) relataram ao menos um fator desencadeante para as crises de enxaqueca –mais de 95% relataram dois ou mais. Entre os itens relacionados à dieta, o chocolate, o vinho tinto e o café foram os mais citados. Os problemas com o sono (dormir muito ou pouco, alterar o horário e cochilar de dia) foram apontados por 81% dos entrevistados. Para 64%, a enxaqueca está ligada ao estresse. Para o neurologista, o estresse é subestimado. “Para o paciente, é mais fácil identificar um alimento ou sono como desencadeador da crise. O estresse é mais difícil de mensurar”.

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *