728 ad
Enxaqueca: Causas, Sintomas e Tratamento

Enxaqueca: Causas, Sintomas e Tratamento

O que é Enxaqueca?
Enxaqueca é uma doença neurológica crônica, comum e incapacitante, afeta 15,2% dos Brasileiros e diminui intensamente a qualidade de vida de quem sofre. 

 Enxaqueca na população 

 A enxaqueca afeta 15,2% dos Brasileiros, mas com diferenças regionais, no sudeste os índices chegam a 20,5%, no sul 16,4%, no nordeste 13,6%, no centro-oeste 9,5 % e no norte 8,5 %. 

 Causas da enxaqueca 

 A enxaqueca é uma doença multifatorial, os aspectos importantes são:  

  1. genéticos,  
  2. hormonais (na mulher), 
  3. comportamentais, 
  4. de estilo de vida (stress, sono ruim, má alimentação, sedentarismo) 

Dos aspectos comportamentais e emocionais na enxaqueca dividimos os de  

 1.       Personalidade (alto grau de exigência, perfeccionismo, centralização)  

2.       Ansiedade (antecipação, medo, fobia, expectativa apreensiva, estado de hiperalerta, tensão, pessimismo)  

3.       Humor (irritabilidade, desanimo, depressão, culpa, oscilaçao de humor- altos e baixos, aceleração mental)  

 Para entender as causas da enxaqueca é importante entender o sistema de dor, o sistema de dor é um sistema de defesa do organismo, como o sistema imune, a febre, a tosse, e representa um ganho evolutivo, pois existe para sinalizar um potencial de lesão para que ocorra retirada do estímulo. É fundamental para a adaptação do indivíduo com meio ambiente. Funciona como se fosse um conteiner, um balde de água, que quando chega no seu limite se transborda, ou seja, acontece a crise de dor de cabeça, para evitar então que o sistema transborde é preciso diminuir a entrada de líquido no sistema (os desencadeantes da enxaqueca), aumentar o tamanho do contêiner (diminuir a predisposição do sistema com tratamentos preventivos) e aumentar o escoamento dos líquidos (exercícios físicos, relaxamentos, psicoterapia).    

Como ocorre a enxaqueca Como ocorre a enxaqueca  

SINTOMAS DA ENXAQUECA Na enxaqueca ocorrem vários sintomas: 

 -Dor latejante, pulsátil   -Intensidade moderada a forte    -De um lado da cabeça       -Piora com atividades físicas rotineiras na hora da dor (atividades físicas são importantes para prevenção da enxaqueca 

Não precisam todos estarem presentes (2 já bastam)

 
Incomodo com a luz e barulho, nausea ou vômitos, 15 a 25 % das enxaquecas podem aparecer com auras, precedem ou acompanham as crises, duram de 5 a 60 minutos, normalmente são visuais.
 
TRATAMENTO DA ENXAQUECA

O tratamento da enxaqueca tem que ser baseado nas suas causas, com orientação sobre os desencadeantes e essencialmente o início de um TRATAMENTO PREVENTIVO Tratar apenas as crises na hora em que elas aparecem sem orientação preventiva não leva a lugar nenhum ! 

 Existem diversas opções de tratamentos preventivos para a enxaqueca, podem ser: 

 MEDICAMENTOSO (tratamento da enxaqueca com remédios) 

 Antidepressivos, Betabloqueadores, bloqueadores de Calcio, neuromoduladores (anticonvulsivantes), melatonina, riboflavina, Coenzima Q10, Neurolépticos, metisergida, Toxina Botulinica (botox), 

 Petasitis hibridus, Tanacetum Parthenium (fitoterápicos) 

 NÃO  MEDICAMENTOSO (tratamento da enxaqueca sem remédios) 

 Psicoterapia, hipnose, relaxamento, acupuntura, massagem, 

 Fisioterapia (LASER, TENS, postura), biofeedback, exercícios físicos 

 TRATAMENTO DA CRISE DA ENXAQUECA 

Na hora da dor podem ser realizadas as estratégias deTratamento passo a passo, começando com os analgésicos e seguindo a lista abaixo:

  • Analgésicos simples
  • Anti-inflamatórios
  • Ergotaminas
  • Triptanos

Pode-se usar também o Tratamento Estratificado, para crises incapacitantes, pode-se utilizar direto medicações específicas TRIPTANOS e com intervenção precoce. Se náuseas e vomitosestiverem presentes pode-se associar antiemético. ATENÇÃO ! 

 Não se auto medique!  

Para ver o vídeo sobre tratamento clique em Imagem de Amostra do You Tube[/youtube]

 Procure ajuda médica, procure um neurologista para realizar seu tratamento, para contato entre no  http://cefaleias.com.br/clinica 

 Para marcar uma consulta com o Dr Mario Peres, médico neurologista, diretor do Centro de Cefaleia Sāo Paulo, ligue para  

 Centro de Cefaleia São Paulo, situado a R Joaquim Eugenio de Lima, 881 cj 708, fone (11) 3285-5726    Jardins – São Paulo – SP 

Consultório no Hospital Albert Einstein, Sala 110- 1 andar, (11) 2151-0110   Morumbi, São Paulo, SP  

Leia o livro Dor de Cabeça: o que ela quer com você? Integrare Editora, Escrito pelo Dr Mario Peres CLIQUE AQUI Para ver a apresentação em powerpoint sobre enxaqueca: causas, sintomas e tratamentos 

 PARA VER O VIDEO CLIQUE EM 

 http://cefaleias.com.br/wp-content/uploads/2009/06/enxaqueca.mov ou

Imagem de Amostra do You Tube[/youtube]

468 ad

4 Responsesto “Enxaqueca: Causas, Sintomas e Tratamento”

  1. Maisa disse:

    Oi, sinto dores de cabeça direto, do sinto mais do lado esquerdo da cabeça, o que pode ser?

  2. rosaria pereira de sousa disse:

    tenho dor de cabeça que começa atraz da orelha e sobe pra cabeça sendo do lado esquerdo isso e pelo menos de uma a duas veses por semana tomo muitos analgesicos mas so passa quando consigo dormir nem que seja meia hora ,ja passei no neurologista ele me disse que pode ser enxaqueca ,mas me passou um remedio manipulado mas não resolveu ,me orinte por favor .agradeço rosaria.

  3. Leonice de Almeida Prudencio disse:

    teno muita dor de cabeça há muitos anos,mais de 5 anos para ca tenho crises muito forte em cima da cabeça e o lado direto.
    toda semana vou para hospital tomar medicação, tomo muito analgesico,cortizona, tranmol 100, nubaim e calmante volto para casa dopada durmo no outro dia ela custuma voltar, ai vou tomamdo analgésico em casa até ter outra crise.
    Já fiz varios tratamentos com amato, depakote, riboflavina manipulado.
    me oriente por favor

  4. iranilda disse:

    O unico remedio q passava minha enxaqueca era ormigren e saiu,gostaria de saber o porque/e tb porque n colocam outro no lugar.Obrigada aguardo resp p/email

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *