728 ad
Currently Browsing: Tratamentos da Dor de Cabeça

Dor de Cabeça na Gravidez

Dor de Cabeça na Gravidez Dr Mario Peres, médico neurologista com pós-doutorado na área das cefaleias, escreve sobre Dores de Cabeça na Gravidez, o que pode ser, o que fazer, como tratar. Dores de cabeça na gravidez podem ser resultado de várias causas. Podem ser dores de cabeça relacionadas a quadros prévios, cefaleias como a enxaqueca, cefaleia tensional, cefaleia em salvas. Pode ser uma cefaleia nova, sem história prévia de dor de cabeça anterior. Tratamento da enxaqueca na gravidez A história natural da enxaqueca na gravidez é favorável, geralmente a dor de cabeça na gestação melhora nos segundo e terceiro trimestres, porém no primeiro trimestre ela pode atrapalhar a vida da gestante e aparecer com mais frequencia. Normalmente são as mulheres com enxaquecas na menstruação, as enxaquecas menstruais, que melhoram mais na gestação. O tratamento da enxaqueca na gravidez é muito difícil para muitas gestantes e um desafio para os médicos. Mulheres com enxaqueca quando engravidam ficam sem saber como tratar suas enxaquecas pois o conceito tradicional é que não se pode usar nenhum remédio, ou os analgésicos simples que são permitidos não funcionam. O medo de qualquer medicação afetar o bebe é universal em todas as mães Primeiro fato que as gravidas devem ter em mente é que o tratamento principal para enxaqueca é o tratamento preventivo, para evitar que venha a dor de cabeça. Existem tratamentos para enxaqueca na gravidez, quando temos tempo, quando a mulher com enxaqueca planeja sua gestação, o tratamento da enxaqueca pode ser planejado também para que seja estabilizado e modificado o tratamento de acordo com a possibilidade de se dar continuidade no tratamento durante a gravidez. Privilegiamos na mulher grávida com enxaqueca os tratamento não medicamentosos, embora muitos remédios podem ser usados, tanto preventivos como para as crises de dor de cabeça. Os tratamentos possíveis são: psicoterapia, acupuntura, fisioterapia com termoterapia, laser, relaxamentos,...

Oxigênio no tratamento da crise de Cefaleia em Salvas

Oxigênio no tratamento da crise de Cefaleia em Salvas. dr Mario Peres, médico neurologista, pós-doutorado na área de cefaleias escreve sobre o tratamento da cefaleia em salvas com o oxigênio. A Cefaleia em Salvas tem algumas particularidades, tanto na sua apresentação clínica quanto no seu tratamento. Leia Cefaleia em Salvas: causas, sintomas e tratamento Muito comum a grande demora em se fazer o diagnóstico da cefaleia em salvas, pois acaba sendo confundida com a enxaqueca, sendo tratada como tal e sem resolução, sem resposta ao tratamento. O tratamento da cefaleia em salvas, assim como todas as cefaleias, tem como prioridade a prevenção, evitar que venham as crises, encerrar mais rapidamente o surto, o ciclo de dores e também evitar que venha um próximo surto. Leia mais sobre tratamento da cefaleia em salvas com melatonina e tratamento da cefaleia em salvas com bloqueio do nervo occipital clicando nos links Na hora da dor, duas são as opções mais eficazes, o sumatriptano subcutaneo e o uso do oxigênio. Interessante que de todas as cefaleias primárias como a enxaqueca ou cefaleia tensional, apenas na cefaleia em salvas que o oxigênio tem um papel importante, ele é recomendado para cortar a crise quando ela aparece, é muito eficaz, e não tem efeito colateral. Apesar de eficaz e bem tolerado, o oxigênio tem acesso limitado, é preciso estar perto de um cilindro ou torpedo de oxigênio em um serviço hospitalar, o que muitas vezes inviabiliza seu uso pois a crise de cefaleia em salvas tem duração média de uma hora, não dá tempo para chegar até um pronto socorro. Além disto, os médicos da emergência normalmente não conhecem este tratamento e acabam não prescrevendo. A solução é o aluguel de um torpedo de oxigênio, com uma máscara ou catéter de O2, para ser usado a 100%, a 15 litros por minutos por 15 minutos...

Tratamento da Enxaqueca com Botox – efeitos colaterais

Tratamento da Enxaqueca com Botox – efeitos colaterais Dr Mario Peres, médico neurologista, pós-doutorado na área de cefaleias nos Estados Unidos, fala sobre o tratamento da enxaqueca com o Botox e seus efeitos colaterais. O botox (toxina botulínica tipo A) foi aprovada nos Estados em outubro de 2010 para o tratamento da enxaqueca crônica e no Brasil, pela ANVISA este ano (2011). A aplicação é segura, eficaz, funciona diminuindo as crises de dor na maioria dos pacientes com enxaqueca. Mas não é todo tipo de dor de cabeça que se beneficia da aplicação. Também, não é a aplicação estética que funciona, pois as doses e os pontos de aplicação são diferentes, além da necessidade de ser um neurologista capacitado para fazer o procedimento. Como recentemente veiculado no programa da Ana Maria Braga, falou-se dos efeitos colaterais da aplicação, mas vale ressaltar que são raros e ainda mais incomuns em mãos experientes. 1. Queda da pálpebra. Ocorre apenas se os pontos aplicados na testa forem muito próximos dos olhos, felizmente na nossa experiência de aplicações de toxina para dores de cabeça, nunca tivemos este efeito. 2. Mudança na aparência do rosto. Os pontos de aplicação incluem a testa, e se for aplicado mais de um lado do que outro pode mudar a expressão facial. Naturalmente a programação das doses a serem aplicadas incluem a exata simetria da face para que isto não aconteça. Na nossa experiência também nunca tivemos tais efeitos adversos. 3. Dor nos pontos da aplicação. Podem ocorrer no momento da aplicação, apesar de ser um procedimento bastante tranquilo, alguns pontos podem ficar pouco doloridos após, mas isto ocorre em uma minoria dos pacientes e passa rapidamente. 4. Fraqueza muscular. A fraqueza muscular ocorre se a aplicação for exagerada em músculos da cervical (percoço). Ou seja, todos os efeitos colaterais são dependentes da experiência do aplicador. Em resumo,...

Enxaqueca e Botox – Bom dia Brasil

Anvisa autoriza uso de botox para combater as dores da enxaqueca. O tratamento é indicado para quem tem dor de cabeça crônica e não melhorou com nenhum outro tratamento. Assista a entrevista do Dr Mario Peres sobre o botox no tratamento da enxaqueca: Bom dia Brasil – Edição do dia...

Anvisa aprova botox para tratamento da enxaqueca

Assista a matéria do Jornal da Band sobre tratamento da enxaqueca com botox Dr Mario Peres, médico neurologista, criador do Centro de Cefaleia São Paulo, coordenador das pesquisas em cefaleia e pesquisador senior do Instituto do Cérebro do Hospital Albert Einstein escreve sobre o tratamento da enxaqueca crônica com o Botox. A ANVISA aprovou o uso das aplicações de Botox, a toxina botulínica tipo A, para o tratamento da enxaqueca crônica. Recentes estudos clínicos mostraram que o Botox aplicado em certos pontos na cabeça resultaram em melhora significativa de enxaquecas crônicas, que são enxaquecas frequentes, vindo mais do que 15 dias de dor por mês, ou seja, mais dias com dor do que sem dor. Em estudo epidemiológico feito no Brasil coordenado pelo Dr Mario Peres, dores de cabeça frequentes afetam 6,9% da população Brasileira. Dr Mario Peres alerta para aspectos do tratamento com botox para enxaqueca: “A aplicação deve ser feita em alguns pontos específicos, diferente para cada paciente com enxaqueca, não sendo só realizada nos pontos habitualmente utilizados nas aplicações com finalidade estética”. O tratamento para enxaqueca com Botox necessita que pontos na região temporal, occipital e nuca, e não apenas na testa. Utiliza-se em geral no tratamento da enxaqueca um frasco inteiro do Botox, podendo ser até mais do que um frasco, dependendo da necessidade, ao contrário das aplicações estéticas que utilizam um terço do frasco ou meio frasco. Para saber mais clique em: Enxaqueca | tratamento da enxaqueca | sintomas da enxaqueca | botox para enxaqueca | botox para dor de cabeça | remédio enxaqueca | enxaqueca com aura | especialista...

Saiba tudo sobre enxaqueca – Hospital Albert Einstein

Assista o vídeo sobre enxaqueca, dores de cabeça, cefaleia tensional, cefaleia em salvas na página do Hospital Albert Einstein – Em dia com a saúde. Dr Mario Peres, médico neurologista, explica as causas, sintomas e tratamentos das cefaleias, enxaquecas. Leia todos os posts sobre cefaleia em salvas clicando aqui cefaleia em...

Necessidade de Tratamento Preventivo para Enxaqueca no Brasil

Trabalho apresentado no 53 Congresso Americano de Cefaleia, Washington DC, 2-5 de Junho de 2011. Nosso trabalho mostra a imensa lacuna de tratamento de dores de cabeça, cefaleias primárias como a enxaqueca e a cefaleia tensional no Brasil. Em estudo feito em cerca de 4000 pessoas em todo o Brasil avaliamos as prevalências da enxaqueca e outras cefaleias e mostramos qual a porcentagem de pessoas que não faziam tratamento correto para as cefaleias. Neste gráfico temos as porcentagens das diferentes cefaleias, enxaqueca, cefaleia tensional e a porcentagem de pessoas que precisariam fazer tratamento preventivo. Neste outro gráfico vemos que dos pacientes com enxaqueca que precisariam estar em tratamento apenas 2,6% realmente estavam usando algum tratamento...

Cefaleia em Salvas e Melatonina

Cefaleia em Salvas e Melatonina Dr Mario Peres, médico neurologista, explica a relação da Cefaleia em Salvas e a Melatonina. A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal, responsável pela ritmicidade dos vários ciclos biológicos no organismo, além de estar implicado na proteção das células (varredor de radicais livres de oxigênio), regular neurotransmissores, ter ação anti-inflamatória, potencializar analgesia opióide, entre outros mecanismos. A Cefaleia em Salvas tem um caráter sazonal e circadiano, isto é, tem uma predilação por certos períodos do ano e mais chance de aparecer à noite. Já é bem sabido que os pacientes com cefaleia em salvas não produzem adequadamente a melatonina e por esta razão postula-se que ela esteja envolvida nas causas da cefaleia em salvas. Um dos problemas detectados em exames de imagem funcional do cérebro de quem sofre com cefaleia em salvas é uma alteração do hipotálamo, mais especificamente o núcleo supraquiasmático, chamado de “relógio biológico”. É este relógio que manda a informação para produzirmos normalmente a melatonina, que na cefaleia em salvas não está sendo secretada adequadamente. A melatonina pode também ser usada como forma de tratamento da cefaleia em salvas, é bem tolerada e eficaz, demonstrada já em pesquisas realizadas. Utilizamos a melatonina na dose de 10 mg, entre 22 e 23 hs. A melatonina é vendida nos Estados Unidos como suplemento vitamínico, sem receita e barata, mas no Brasil a Anvisa não aprova o registro da melatonina como vitamina, o que significaria que ela poderia ser utilizada erradamente, sem prescrição. Porém, ela é barata o suficiente para despertar o interesse das indústrias farmacêuticas para a sua aprovação como remédio, pois não tem mais patente (é uma substância que o próprio organismo produz). Seria uma ótima medicação para o SUS oferecer, pois é extremamente útil para diversos problemas de saúde e barata. Atualmente poucas pessoas que podem importar e/ou trazer...

Enxaqueca, Dores de cabeça, tratamento da enxaqueca na CBN

Enxaqueca, Dor de Cabeca, cefaleia tensional, cefaleia em salvas, tratamento da enxaqueca e outras cefaleias, botox para enxaqueca, saúde, qualidade de vida e mais no Consultório CBN, entrevista com Dr Mario Peres. Para ouvir a entrevista clique...

Enxaqueca, cefaleias, dores de cabeça no consultório CBN

Estarei no consultório CBN falando de cefaleias, dores de cabeça, enxaqueca, cefaleia em salvas, cefaleia tensional, tratamento da enxaqueca, botox para enxaqueca. Você pode ouvir o áudio da entrevista ao vivo pela internet no link: Consultório...

Remédios para Enxaquecas – Medicamentos para enxaquecas

Remédios para Enxaquecas – Medicamentos para enxaquecas – Tratamentos para enxaquecas – Tratamentos para dores de cabeça Dr Mario Peres, médico neurologista, explica os melhores tratamentos para dores de cabeça e enxaqueca. Qual o melhor remédio para enxaqueca, como tratar a enxaqueca, que medicamento tomar para enxaqueca, como acabar com a enxaqueca, são todas perguntas frequentes feitas por pacientes que sofre com as crises de cefaleia, de dor de cabeça do tipo enxaqueca. TRATAMENTO DA ENXAQUECA O tratamento da enxaqueca pode ser com remédio ou sem remédio, pode ser um tratamento preventivo, para evitar que venham as crises de enxaqueca, que é o principal conceito no tratamento da enxaqueca, ou pode ser também um tratamento agudo, com medidas que aliviam as dores de cabeça fortes ou fracas na hora em que elas aparecem. O primeiro passo para um tratamento eficaz da enxaqueca ou qualquer outra dor de cabeça, cefaleia (cefaleia tensional, cefaleia em salvas) é o DIAGNÓSTICO CORRETO. Quando a dor é diária, mais dias com dor do que sem dor, o tratamento muda consideravelmente Entender o que é a enxaqueca é fundamental para o paciente, saber suas causas e como evitá-la. Entender que o sistema de dor é um sistema de defesa do organismo que dispara quando algo nao está bem, e na enxaqueca ele dispara demais, e é ISTO QUE PRECISA SER CONTROLADO. Portanto é imprescindível tratar o problema na sua raiz, evitando que o sistema de dor dispare excessivamente, analgésicos nāo  sāo tāo importantes como os preventivos, analgésicos, remédios, medicamentos para apenas cortar a crise de enxaqueca ou outras dores de cabeça podem até agravar, piorar a evolução da enxaqueca. Existem tratamentos medicamentosos e nao medicamentosos para enxaqueca. Normalmente eles sāo associados. Exercícios físicos, psicoterapia, higiene do sono, manejo do estresse, relaxamentos, fisioterapia, acupuntura sāo formas de tratamento nāo medicamentosos para enxaqueca. Evitar os desencadeantes é também...

Tratamento da enxaqueca e perda de peso

Tratamento da enxaqueca e perda de peso Dr Mario Peres, médico neurologista, escreve sobre o tratamento da enxaqueca e as implicações da perda de peso. O tratamento da enxaqueca é influenciado pelo peso corporal do paciente. Remédios afetam o peso, tanto os que aumentam o peso, quanto os que diminuem o peso. A obesidade influencia como causa da cronificação da enxaqueca, alterações metabólicas decorrentes da obesidade podem ser complicadores do tratamento da enaqueca. Perder peso significa diminuir a sobrecarga que pode existir na pessoa que sofre com a enxaqueca. A maioria das pessoas estão no chamado sobrepeso, as portadoras de enxaqueca também. A perda de peso é então favorável para a melhora da enxaqueca. O EFEITO DOS REMÉDIOS – PERDA DE PESO E ENXAQUECA REMÉDIOS QUE DIMINUEM O PESO O primeiro ponto a se considerar é o efeito negativo que remédios para diminuir o peso podem ter na enxaqueca. Sibutramina (plenty, reductil) e anfetaminas (fenproporex, anfepramona) normalmente agravam as crises de enxaqueca, tornando-as mais frequentes, mais fortes, obrigando a sofredora ou sofredor de enxaqueca a parar o remédio. Muitas vezes o paciente não percebe e mantém o tratamento. MEDIDAS QUE DIMINUEM O PESO Importante lembrar que ficar sem comer, o jejum prolongado, é um desencadeador da enxaqueca. Fazer regime ficando sem comer não é vantagem nenhuma. Perder peso nada mais é que diminuir a ingesta alimentar de calorias e queimá-las com exercícios físicos. A realização de atividade física é benéfica para o tratamento da enxaqueca, um exercício regular, sem exageros, constante, com atividade aeróbica, exercícios como corrida, caminhada, dança, bicicleta, natação, todos podem ser extremamente úteis no TRATAMENTO DA ENXAQUECA e também importantes para perda de peso. REMÉDIOS QUE AUMENTAM O PESO MAS TRATAM DA ENXAQUECA Existem alguns remédios que são bons para enxaqueca infelizmente tem como efeito colateral o aumento de peso, são eles os antidepressivos tricíclicos (amitriptilina,...

« Older Entries Next Entries »